SEBRAE MCO
21 DE NOVEMBRO DE 2019 - SEMANA INTERNACIONAL DO CAFÉ - Belo Horizonte- MG

As Origens
Controladas
e o Futuro
do Café

Neste evento iremos debater sobre
o conceito de Origem Controlada
e a sua conexão
com as tendências
relacionadas ao futuro do café.
O debate contará com a participação
de cinco palestrantes, atuantes em
movimentos e empresas de vanguarda
do mundo do café. O evento faz parte
da Plataforma Minas Coffee Origins,
criada pelo Sebrae para debater,
evoluir e promover o conceito de
Origem Controlada, por meio das
origens produtoras de café de
Minas Gerais.

Minas Coffee Origins - Summit 2019
é um evento voltado à profissionais
de
vanguarda, interessados em
novas ideias e soluções para o
mundo do café.

PALESTRAS

Paulo Vischi

Origens Controladas:
O Movimento e a sua
Relação com o Futuro
do Café

Um movimento visando ao desenvolvimento
e ao futuro dos cafeicultores.

As Origens Controladas, um novo olhar,
indo além do café especial e do impacto individual, envolvendo sociedade, produtores,
gestão, processos, transparência, criação
de valor sustentável e impacto coletivo.

O que são e por que Origens Controladas?
Quais são as Origens Controladas
de Minas Gerais?
Para onde caminha o futuro do café
e a relação com as Origens Controladas?

Paulo Vischi
- Be Consulting

Designer e estrategista, alia expertises que envolvem
Criatividade + Negócios, no desenvolvimento
de estratégias
Purpose-Led para organizações
e territórios, entre eles: Região do Cerrado Mineiro,
Região das Matas de Minas,
e Mantiqueira de Minas.

Ricardo Pereira

A “Vinificação”
do Café: de Produzir
a Elaborar - Criando
Diferenciação e Valor

Na busca pela diferenciação, torrefadores
de cafés de 3ª onda demandam produtos
cada vez mais exclusivos, com altas
pontuações, nuances de aroma e sabor,
exóticas e acentuadas.

Como satisfazer e suprir esta
demanda crescente?
O que os produtores estão fazendo
neste sentido?

Conheça exemplos de novos processos
e técnicas diferenciadas, muitos deles
inspirados no mundo do vinho, que estão
sendo utilizados para elaboração de cafés,
extraídos de viagens e experiências em
diferentes regiões e países produtores.

Ricardo PereirA
- COO da Ally Coffee - EUA

Q-Grader e instrutor, possui vasta experiência
no mundo do café envolvendo, produção, comércio
e importação de cafés das mais importantes
origens produtoras do mundo. Passou boa parte
dos últimos 11 anos desenvolvendo projetos
diretamente com produtores de cafés na
América Central, no Brasil, Colômbia e Etiópia.

Nome do Palestrante

Café Especial:
Esta é a Única Saída?

O Potencial do Coletivo

À medida que mais produtores começam
a produzir cafés de qualidade, na busca
por diferenciação e melhor remuneração,
uma oferta maior de cafés especiais tende
a se diluir e se comoditizar, tornando mais
difícil para os produtores se diferenciarem
pela qualidade.

Quem define e controla o significado
de sustentabilidade do mercado?
Como funcionam os mecanismos
de comercialização C-Market
versus Specialty?
Quais as oportunidades de crescimento
e desenvolvimento sustentáveis?
Que desafios enfrentaremos e quais as
perspectivas de futuro para os produtores?

Nesta palestra queremos propor uma reflexão
sobre o impacto de abordagens individuais,
em contraponto com o potencial dos esforços
coletivos para o futuro do café sustentável.

Dean Kallivrousis -
Q-Grader e instrutor - EUA

Passou por vários segmentos da cadeia e hoje atua
no mercado americano, na comercialização de cafés
especiais de diferentes origens. Conhecedor das dinâmicas dos mercados de commodities e specialty,
é um entusiasta e ativista no entendimento e na
conscientização sobre a atual crise do café
e sua história.

Nicholas Kirby

Tecnologia Construindo
Confiança
na
Cadeia do Café

Por trás de cada produto há uma cadeia
complexa entre as pessoas e a origem
dos produtos, e isso é uma parte muito
importante do porquê as pessoas
compram coisas.

Na era do Consumo Consciente,
a falta de transparência pode
comprometer o futuro e a
sustentabilidade de toda
uma cadeia.

Qual o impacto da falta de transparência
na cadeia do café?
Como o uso de tecnologias pode trazer
confiança para a cadeia do café?

Entenda mais sobre a necessidade
e o impacto da transparência na cadeia
do café. E conheça iniciativas e tecnologias
voltadas a trazer confiança para o mundo
do café.

Nicholas Kirby
- Enveritas - EUA

Gerente de Parcerias da Enveritas. ONG sediada
nos EUA que trabalha para acabar com a pobreza
nas comunidades produtoras de café até o ano 2030,
por meio soluções inovadoras para a verificação
da sustentabilidade de todos os agricultores
ao redor do mundo.

Peter W. Roberts

Além do Direct Trade:

Transparent Trade,
um Movimento para
Transparência na
Cadeia do Café

O café é um negócio de fotos bonitas
e realidades duras. Os torrefadores
e as cafeterias de todo o mundo dependem
dos produtores para produzir os excelentes
grãos que amamos. No entanto, com muita
frequência, os produtores obtêm muito
pouco dos lucros gerados.

O que é o movimento Transparent Trade?

Como um movimento voltado a trazer
mais transparência nas transações
da cadeia produtiva do café pode
promover sua sustentabilidade?

Peter W. Roberts -
Goizueta Business School - EUA

Professor of Organization & Management
- Goizueta Business School
Academic Director, Transparent Trade Coffee
Academic Director, Grounds for Empowerment

ProgramaçÃo


LOCAL: SALA CONEXÃO

09:00h

Welcome coffee

09:30h

Abertura
Priscilla Lins - UAGRO
- Sebrae MG

09:45h

Origens Controladas:
O movimento e a sua

relação com o futuro
do café
Paulo Vischi -
Be Consulting

10:15h

A “Vinificação” do Café:
de Produzir a Elaborar

Criando Diferenciação
e Valor
Ricardo Pereira -
COO da Ally Coffee - EUA

10:35h

Café Especial:
Esta é a Única Saída?
O Potencial do Coletivo
Dean Kallivrousis
- Q-Grader e instrutor - EUA

11:10h

Tecnologia Construindo Confiança na Cadeia do Café
Nicholas Kirby
- Enveritas - EUA

11:30h

Além do Direct Trade:
Transparent Trade,
um Movimento para
Transparência na
Cadeia do Café
Peter W. Roberts -
Goizueta Business School - EUA

12:10h

DEBATE
Mediadores:
Geórgia Franco - Lucca Café e Ricardo Pereira - Ally Coffee

12:40H

Encerramento

Sobre o MCO

Minas Coffee Origins é a plataforma
do Sebrae criada para debater, evoluir
e promover o conceito de Origem Controlada,
por meio das origens produtoras de café de Minas Gerais. Nosso propósito é trazer
simplificação e acesso para o mundo
da Origem Controlada.

O Estado de Minas Gerais possui três regiões
produtoras de café com Origem Controlada:
Região do Cerrado Mineiro - DO,
Matas de Minas e Mantiqueira de Minas - IP.

INSCRIÇÕES

Clique aqui

SOBRE O SEBRAE

O Sebrae Minas é uma entidade associativa
de direito privado, sem fins lucrativos,
que está presente nos 853 municípios mineiros
e atende em nove regionais. Com sede
administrativa em Belo Horizonte, oferece
serviços e produtos voltados para pequenos
negócios e potenciais empreendedores,
de modo a gerar valor para a sociedade
e contribuir para o desenvolvimento
econômico de Minas Gerais.